O que são as escolas virtuais e quais são as suas vantagens e desvantagens?

Escolas virtuais são ambientes no qual são disponibilizados cursos, exercícios e conteúdo interativo de forma totalmente online, para que os alunos possam acessar a esse material a qualquer hora, e de qualquer lugar.A principal vantagem das escolas virtuais é que elas permitem que os seus alunos aprendam sem sair de casa, sendo assim uma ótima ferramenta para as pessoas que não possuem o tempo necessário para frequentar uma escola presencial. A sua única desvantagem, portanto, é o fato de que os alunos precisam ter bastante disciplina de estudar por conta própria, sem a ajuda contínua de um professor.

Existem escolas virtuais no Brasil? Quais cursos estão sendo oferecidos atualmente?

A principal escola virtual do Brasil é a EVESP, que desde 2011 oferece uma plataforma de ensino virtual muito completa e bem elaborada, sendo essa a razão pela qual a escola já ganhou vários prêmios no Prêmio Learning Performance.
Entre os cursos oferecidos pela EVESP, estão cursos de idioma como Inglês e Espanhol, e também cursos feitos especialmente para alunos com deficiências visual e auditiva. Todo o conteúdo ensinado é supervisionado pela Coordenadoria de Gestão da Educação Básica (CGEB), com o intuito de levar os alunos cursos com um alto nível de qualidade.No caso da EVESP, os cursos são totalmente gratuitos, podendo ser realizados por qualquer aluno que realize a sua inscrição no blog do programa. Ao começar a fazer um dos cursos, os alunos são acompanhados por tutores ou professores que poderão responder possíveis dúvidas conforme elas forem surgindo.

As escolas virtuais são uma tendência de ensino que estará cada vez mais presente no futuro?

Segundo os especialistas no assunto, provavelmente sim. O avanço tecnológico tem possibilitado nos últimos anos que as pessoas interajam de forma virtual e online e, em relação as escolas, não poderia ser diferente. Em um futuro próximo, existirão cada vez mais escolas virtuais, capazes de propagar o conhecimento para um número maior de pessoas, que só irão precisar de um computador, tablet ou smartphone para terem acesso a uma infinidade de informações e conteúdo didático.

Fonte de imagem: www.educationnews.org